Empresa

Fundada no ano de 1958, pelo Sr. Jorge Augusto Saavedra dos Santos Pinto, a Jorge Santos Tratores e Máquinas Limitada iniciou suas atividades pela via do comércio varejista de ferragens em geral.

Em 1973 deu-se início ao processo mais acentuado de expansão, ao ser inaugurada, na cidade do Alegrete, a primeira filial da Jorge Santos. Após um ano, em 1974, a empresa se estabelece na cidade de Rosário do Sul, sendo a segunda filial.

No ano de 1993, paralelamente ao desenvolvimento da empresa, o Médico Veterinário e pecuarista Pedro Augusto Severo Pinto, filho de Jorge Augusto Saavedra dos Santos Pinto, funda a PAS Produtos Veterinários, na cidade de Santana do Livramento.

Em 1996, em virtude do falecimento do fundador, a Jorge Santos passou a ser administrada por Pedro Augusto Severo Pinto. No ano seguinte, a empresa PAS Produtos Veterinários foi nomeada concessionária Massey Ferguson para as cidades de Santana do Livramento e Quarai. Três anos mais tarde, a PAS é nomeada concessionária para as cidades de Bagé e Dom Pedrito, sendo assim, inauguradas mais duas filiais.

Naturalmente, no ano de 2001, após um processo de transição familiar, a Jorge Santos incorpora a PAS, passando a denominar-se Jorge Santos Tratores e Máquinas Ltda. Nesta ocasião, já passava a contar com lojas nas cidades de São Gabriel, Alegrete, Rosário do Sul, Santana do Livramento, Bagé e Dom Pedrito, todas na condição de Concessionária autorizada Massey Ferguson, além de, complementarmente, atuar com uma extensa linha de implementos agrícolas, produtos veterinários, peças e serviços de oficina.

A fusão dos dois empreendimentos permitiu à empresa ingressar num processo de expansão e aprimoramento organizacional e tecnológico, o que trouxe maior eficácia às questões envolvendo a logística e a estrutura administrativa, que passou a ser controlada a partir da matriz, em São Gabriel. A informatização, por sua vez, permitiu a integração da gestão de nossa rede de modo mais efetivo. Em dezembro de 2005, a Jorge Santos inaugura mais uma concessionária, dessa vez na cidade de Uruguaiana, passando a atender além desta cidade, também a região de Barra do Quarai.

2008 foi um ano histórico e de muito orgulho, pois a empresa completou 50 anos de trajetória. 50 anos vencendo desafios e adaptando-se as constantes mudanças do mercado. Hoje sabemos exatamente para onde queremos ir. Nossos fornecedores e clientes fazem parte dessa história, do nosso passado, do nosso presente e do nosso futuro. Trabalhamos dia após dia para aprimorarmos cada vez mais nossos conceitos e qualificarmos nossa caminhada.

 

SOBRE MASSEY FERGUSON E AGCO

A marca Massey Ferguson é líder no mercado brasileiro de tratores há 50 anos ininterruptos. É fabricada pela AGCO, maior fabricante de tratores da América Latina e a maior exportadora do produto do Brasil. Os tratores, colheitadeiras e implementos Massey Ferguson são exportados para mais de 80 países, com atuação destacada nos Estados Unidos, Argentina, Venezuela, Chile e África do Sul. As fábricas no Brasil ficam no Rio Grande do Sul: Canoas (tratores), Santa Rosa (colheitadeiras) e Ibirubá (implementos).

SOBRE A AGCO

A AGCO, Your Agriculture Company, (NYSE:AGCO) é uma das líderes mundiais focada na concepção, fabricação e distribuição de máquinas agrícolas. Para apoiar a maior produtividade no campo a AGCO oferece uma linha completa de produtos que inclui tratores, colheitadeiras, equipamentos para fenação e forragem, pulverizadores, equipamentos para preparo de solo, implementos e peças de reposição relacionadas. Seus produtos são vendidos por meio das marcas Challenger ®, Fendt®, Massey Ferguson® e Valtra® e distribuídos globalmente por uma rede de 3.100 mil concessionários e distribuidores independentes, em mais de 140 países. A AGCO oferece financiamento ao cliente final por meio da AGCO Finance. Fundada em 1990, a AGCO tem sede em Duluth, GA, EUA. Em 2011, a AGCO registrou US$ 8,8 bilhões em vendas líquidas. www.agcocorp.com.

 

JORGE SANTOS INVESTE EM CAPACITAÇÃO DE COLABORADORES

O investimento em capacitação tem sido constante nas empresas brasileiras em 2014, sobretudo, em treinamento para equipes. Conforme pesquisa da Deloitte (empresa de auditoria e consultoria), das 509 companhias ouvidas, 67% apostam em capacitação, fatia maior, inclusive, do que a das que pretendem lançar novos produtos e serviços (55%).

As regiões Centrais e Fronteira Oeste do Estado também seguem esta tendência. A Jorge Santos, concessionária Massey Ferguson, investe na qualificação profissional de seus colaboradores, oportunizando novos conhecimentos, técnicas e o aprimoramento da habilidade de seus profissionais.

– Proporcionar mão de obra qualificada através de profissionais capacitados é uma necessidade do mercado. Estamos trabalhando constantemente para melhor atender as necessidades de nossos clientes – relata o diretor da Jorge Santos, Pedro Augusto Severo Pinto.

Investimentos – A expectativa é de um bom segundo semestre para o setor de máquinas agrícolas. O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou em 31 de julho a alocação de mais R$ 30 bilhões dentro do chamado Programa de Sustentação dos Investimentos (PSI) – que viabiliza empréstimos para o setor produtivo realizar investimentos com juros subsidiados pela Secretaria do Tesouro Nacional. A linha destinada a compra de bens de capital (máquinas e equipamentos para produção) de micro e pequenas empresas, terá mais R$ 4,6 bilhões.

A linha geral para aquisição de bens de capital recebeu autorização para R$ 3,52 bilhões em novos financiamentos e a linha de crédito para máquinas agrícolas teve um reforço de R$ 3,4 bilhões. Os empréstimos para Inovação e Produção (Proengenharia) ganharam uma autorização de mais R$ 1 bilhão, enquanto que a linha de inovação terá mais R$ 4 bilhões disponíveis. A linha de inovação tecnológica do Finep, por sua vez, terá mais R$ 2 bilhões.

O Conselho Monetário Nacional é presidido pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. Também participam das decisões do colegiado o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, e a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior.